Coleta-se uma amostra de sangue para procurar anticorpos para o alérgeno. Se não houver certeza de qual substância é o alérgeno, então, é necessário realizar o exame para várias delas.
Esse teste é usado nos casos em que a pessoa já apresentou uma reação severa anteriormente — ou quando todos os outros exames não apresentaram resultados conclusivos.

Tem um custo maior que os demais, mas não apresenta riscos para o paciente.
As crises alérgicas tendem a ser mais fortes a cada vez que a pessoa entra em contato com o que provoca essa reação. Elas podem ser leves, muito graves e até colocar a vida do paciente em risco.
A automedicação pode agravar ou mascarar casos de alergia. Por isso, procure sempre o médico.
Somente um especialista pode indicar o teste de alergia e o tratamento necessários.